Resenha - Princesinha - Mágda Regadas - Chiado Editora

Oi geeente,

hoje trago para vocês a resenha do livro Princesinha, da autora Mágda Cortes Regadas, lançado pela editora Chiado.


O primeiro ponto que quero tocar é que a sinopse dá um sentido totalmente diferente do livro, O ano não parece ser em 1986 parece bem mais atual. Glória é uma garota de 23 anos, que parece ter menos pelo fato de que sempre foi muito mimada, a princesa da família (dai o nome do livro, tirou do apelido carinhoso de princesinha da casa), uma garota ligada na natureza, no sol, no mar, no céu, sempre aproveitando os seus sentidos (o que eu adorei porque também sou sensitiva).
Um belo dia Glória tem um encontro com uma pessoa diferente, alguém que ela nunca viu antes que trás uma coisa completamente nova para sua vida, um Amor diferenciado, um Amor sobrenatural, o Amor Dele  
Não tenho problema nenhum com isso, antes fosse fácil assim mostrar o quanto Ele é incrível.
Mas com o passar dos dias Glória começa a ter uma convivência maior com Ele, e algumas das atitudes dela são bem estranhas, alguns pensamentos dela são bem tensos e desnecessário, não gostei como foi tratado esse relacionamento, foi o que mais me incomodou no livro.
Bem, não posso contar muito mais já que o livro se baseia nesse relacionamento e os detalhes são o desenvolvimento da história.
Não imaginei que fosse isso quando li a sinopse, mas mesmo assim o livro ainda conseguiu tocar em alguns pontos, o relacionamento não é de todo ruim já que as duvidas de Glória muitas pessoas têm e não possuem coragem suficiente para perguntar para ninguém e nem para falar sobre isso com Ele. Achei diferente do que eu esperava mas não significa que isso foi algo ruim.
Enfim,

Nota: 3

Espero que tenham gostado   até a próxima Adquira seu livro
beeeijos 

Comentários

Obrigada Lindinha! Foi surpreendida durante a leitura!? A sinopse fala da Liberdade esse é um ponto tocado a todo instante.
Júnia Benvindo disse…
Oi Magda, por nada , eu que agradeço *-* Fui surpreendida por imaginar uma liberdade diferente quando eu li.
Júnia Benvindo disse…
Oi Magda, por nada , eu que agradeço *-* Fui surpreendida por imaginar uma liberdade diferente quando eu li.
Júnia Benvindo disse…
Oi Magda, por nada , eu que agradeço *-* Fui surpreendida por imaginar uma liberdade diferente quando eu li.

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha - Alice no Pais do Amor - Lucilla Guede - Chiado Editora.

Resenha - Quatro Estações - Juliana Marinho

Resenha - Confissões de Uma Garota Excluída, Mal-Amada e (Um Pouco) Dramática - Thalita Rebouças