sábado, junho 28

Resenha - O Teu Silêncio Grito- Mauricio Duarte

Hoje temos a resenha de O Teu Silêncio Gritou, esse é um daqueles livros que é mais uma forma de expressão de revolta e ao mesmo tempo de amor entre o autor e o mundo. 

Quando falava de mídia consegui ver a negação profunda a cultura massificada que o autor nos apresenta como objeto de crítica.

Fala muito bem sobre o lado espiritual, se baseando no seu subjetivo.

As antologias tem para mim a principal função de libertar os pensamentos aflitos de um escritor.

É um livro bom, mas como conheço muitos do mesmo estilo o julgamento fica mais forte ao compará-lo com os outros já lidos por mim, é como o autor diz, "o mundo não gosta de repetição".

Algumas me levaram a reflexão, mas como disse não é um livro que possui elevado destaque.

Nota: 7

quinta-feira, junho 19

Parceria com o autor Claudemir de Oliveira





Oi gente, 

resolvi mudar a estrutura agora apresentando primeiro a sinopse e depois a biogrifa. Confiram essa história incrível e ta tendo sorteio la na @agarotadolivro, vamos lá.

Sinopse

Bnus e Qeb cresceram no mesmo vilarejo, brincando entre pedras e ruínas e, quando jovens, prometeram ficar juntos sempre. Suas vidas estavam entrelaçadas pelo sentimento mais puro do ser humano: o amor. No entanto, seus sonhos foram ceifados por divindades que os colocaram em caminhos opostos. Os olhos de Bnus, que antes brilhavam de felicidade, se tornam obscurecidos pelo Mal. Qeb, por sua vez, passa a lutar para manter e propagar o Bem pelos vilarejos. Mas embora tenham que se enfrentar por um propósito divino, o amor que os unia prevalece… Litat é o descendente desta história, e nasce com dons herdados desde o tempo de seus avós. Ele terá o livre arbítrio de usá-los, porém, sua omissão poderá acarretar danos ao seu povo.




segunda-feira, junho 9

Livro x Filme : A Culpa é das Estrelas - John Green







Oi gente,

Tudo Okay?
Espero que sim pois hoje falaremos do acalmado livro e do recém lançado filme A Culpa é das Estrelas (ACEDE), escrito pelo autor John Green.
A historia trata em base de amor , cancer, vida e morte, e como não nos devemos deixar abater pelas coisas ruins que acontecem na nossa vida.


Hazel Grace é uma sobrevivente do câncer, inicialmente diagnosticada com câncer na tireoide e que se espalhou pro pulmão, fazendo com que ela praticamente se afogasse no próprio corpo, mas graças a um remédio ela ficou viva por mais tempo. Augustus Waters é o tipo de garoto engraçado, fofo que faz todo mundo se apaixonar, ele não tem câncer já faz uns dois anos quando conhece Hazel Grace, o câncer cessou mas ele teve de amputar uma das pernas pra isso.
Eles se conhecem no grupo de apoio, no coração literal de Jesus, através de Isaac, um amigo do Gus, é realmente um livro super fofo, faz você rir muito porque os personagens apesar de tudo são bem humorados, e que faz claro você chorar porque trata de tudo de forma melodramática( um jeito bom de se falar). Gus e Hazel vivem um amor da forma pura, de uma forma que somente o amor verdadeiro é capaz. Eles lutam juntos por aquilo que acreditam, e nunca se esquecem que o tempo que têm juntos é muito precioso.



quinta-feira, junho 5

Parceria com o autor Lucas Chagas



Oi gente,


hoje eu assistir A Culpa é das Estrelas, é muito lindo, mas falaremos disso na segunda, farei uma bela comparação d livro com o filme já que muita gente não foi ver na estreia.
Mas deixo vocês bem acompanhados com o um romance nacional do nosso parceiro literário Lucas Chagas. Aproveitem e voltem na segunda.


Biografia

Lucas ChagasNascido em 1989, em Recife, Lucas Chagas é engenheiro agrícola e ambiental formado pela UFRPE. Sempre teve gosto pela leitura, aprendeu a ler com 4 anos, e já na terceira série do ensino fundamental, ganhou um prêmio de melhor frase com o tema “natureza”. Seu conto intitulado “O Gatilho” foi contemplado no 4.º Concurso de Contos e Poesias da UFRPE.  




Sinopse 

Um homem, no limite do sofrimento, decide compartilhar sua jornada e escreve a mais sincera declaração de amor. Dessa forma, ele leva até você, leitor, a trajetória vívida de uma paixão que, sem imaginar, mudaria sua forma de ver a vida. Beatrice Dumont, 23 anos, estava habituada à mesmice da sua vida, mas percebe, durante uma noite de forte chuva, que aproveitava pouco sua juventude. E tudo parece piorar quando ela se apaixona por Benjamim. Porém, ela nem imagina o que a espera... Sem achar uma luz no fim do túnel, sente a necessidade de dar um passo em direção à mudança de vida. Mas o que ela parecia ter esquecido é que a felicidade, muitas vezes, pode trazer consigo perdas irreparáveis, principalmente quando os laços afetivos com as pessoas que amamos são muito fortes. A Ideia não é uma história de um amor perfeito, no qual o universo conspira a favor. É uma história de luta pelo amor, quando tudo parece estar contra. Fala da vida em sua brevidade, sem deixar de lado os instantes que fazem dela algo eterno. 

Até breve, okay?